Seu cartão de crédito nunca foi o vilão da história

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Imagino que você já tenha lido e escutado muitas opiniões negativas sobre o cartão de crédito e sobre os riscos de utilizá-los.

Afinal de contas, é um dos produtos financeiros com a maior taxa de juros que existe!

Segundo o Banco Central, atualmente a taxa de juros média cobrada pelos cartões é superior a 300%.

Ou seja, um valor de R$1.000 utilizado no cartão de crédito poderia em apenas um ano se transformar numa dívida de mais de R$4.000, virando uma verdadeira “bola de neve” muito difícil de ser resolvida!

Recentemente, o Conselho Monetário Nacional tem realizado alguns ajustes nas regras dos cartões de crédito, numa tentativa de reduzir o impacto dessa bola de neve; mas os juros brasileiros ainda estão entre os mais altos do mundo, e uma dívida no cartão de crédito continua sendo um caminho sem volta para muitos brasileiros.

 

Então, está proibido usar o cartão de crédito?

 

Bem, por eu ser um assessor financeiro, talvez você pense que eu nunca utilizaria um cartão de crédito devido a todos os riscos que comento acima.

Mas, uma das coisas que aprendi trabalhando no setor bancário é que o segredo não está em deixar de utilizar o cartão, e sim em saber como utilizá-lo a meu favor.

E hoje, exatamente por saber usar bem o meu cartão, tenho mais controle que nunca sobre o meu dinheiro!

Vale comentar que, mesmo concentrando mais de 70% dos meus gastos mensais no cartão de crédito, eu nunca paguei nenhum centavo de juros pelos cartões que utilizei.

Muito pelo contrário: os bancos é que sempre me pagaram (bastante dinheiro!) pra eu usar o cartão de crédito deles.

Já fiz viagens do Brasil para a Europa de graça; já me hospedei em hotéis 5 estrelas sem ter que pagar nada pela estadia; já ganhei prêmios bem interessantes como câmeras fotográficas e entradas pras melhores peças de teatro; e também já tive todos os meus bens reembolsados numa viagem em que a minha mala foi extraviada.

Tudo isso apenas por saber utilizar o cartão de crédito para administrar melhor as minhas contas, e não para me endividar.

 

Colocando o cartão de crédito a meu favor

 

Como já comentei em alguns dos meus artigos, não temos que fugir dos serviços bancários, e sim aprender a usá-los a nosso favor.

Como exemplo, nunca faço um pagamento com o cartão de crédito sem ter o valor equivalente na minha conta. Assim, chegando a fatura do cartão, tenho dinheiro suficiente pra pagá-lo integralmente, sem risco de me enrolar em dívidas.

Só gasto no cartão o que tenho na conta. Se não tenho, não gasto. Simples assim!

Além disso, ao invés de andar com dinheiro no bolso e acabar gastando sem nem perceber, costumo concentrar quase todas as minhas despesas no cartão.

Assim, a fatura do cartão me ajuda a verificar quais foram meus gastos e me planejar ainda melhor para o mês seguinte, sem que eu tenha que dedicar mais de 15 minutos por mês para revisar todas as minhas despesas.

 

Mais vantagens do cartão de crédito

 

A questão é que poucas pessoas realmente sabem como utilizar bem um cartão de crédito, ou conhecem todos os serviços adicionais que já estão incluídos quando contratamos um cartão.

Além dos prêmios, viagens e benefícios que comentei acima, a grande maioria dos cartões já inclui diversos seguros (para locação de automóveis, viagens, acidentes, compras, etc) que podem ser bem úteis no caso de eventuais imprevistos.

Alguns cartões possuem até mesmo um seguro de proteção de preço: se você comprar um produto com seu cartão e encontrar este mesmo item por um preço menor em até 30 dias após a data da compra, você poderá solicitar ao seu cartão o reembolso da diferença.

Pra quem como eu gosta de pagar o menor preço possível por um produto, esse sem dúvida é um serviço bem atrativo!

E o melhor: esse e todos os outros benefícios normalmente já estão incluídos na anuidade do cartão, ou seja, você não paga nada a mais por eles.

E até mesmo a anuidade do cartão pode ser reduzida ou completamente eliminada. Isso vai depender apenas da sua capacidade de negociação com o gerente do seu banco, que normalmente vai fazer de tudo pra que você não cancele o cartão.

 

Mesmo assim, dá medo de se enrolar no cartão?

 

Agora se você é daqueles que perde o controle do seu dinheiro com bastante frequência e acaba colocando a culpa no cartão de crédito, este pode ser um bom momento para investir na sua própria educação financeira, e descobrir diversas técnicas para ter o cartão como seu maior aliado, e não mais como o vilão da história.

Educação financeira é uma necessidade!

Mas o cartão de crédito não deve nunca ser uma necessidade, e sim uma grande conveniência para você cuidar melhor do seu dinheiro!

©2018 Copyright. Todos os direitos reservados

Agência de Marketing Digital 360, Web Design e Web Master (Criação de Sites e Lojas Virtuais, Especialistas em Google AdWords, Otimização de Sites SEO, Email Marketing, Mídias Sociais Facebook, Youtube, Twitter - Agência Sincro) SMM - Agência Sincro